O QUE EU FAÇO COM TANTA DECEPÇÃO?

Aprenda com elas!
Na verdade, limitações nossas e dos outros precisam ser uma oportunidade de crescimento sempre. E nesta vida quem escolhe crescer é você!
Portanto, ou você escolhe crescer com o que aconteceu e com as dores que lhe causaram, ou você será engolido por estas forças de morte e morrerá de tristeza, frustração ou medo!
Qual sua escolha?
É que, na verdade, todas as nossas fraquezas e as dos outros podem ser amigas de nosso crescimento desde o momento em que as consideramos reveladoras do que precisa melhorar em nós!
Por isso, chega de culpados e culpas! Quem olhar para trás morrerá!

* O importante é ir se estruturando a partir dessas experiências, não é???!!!
Anúncios

37 responses to this post.

  1. Debbie, isso mesmo. Não vai mudar a situação, mas alivia.Que bom que você gostou da capa do blog. Obrigado por seu carinho.Sobre o relógio, vi lá no seu blog. Ficou bem legal. Aquele relógio temos que agradecer a gentileza da querida amiga Carla Renata do blog , http://keepcalmandstopmimimi.blogspot.com.br/Um beijo com carinho

    Curtir

    Responder

  2. Marcilane, espetacular o seu comentário. Muito equilibrado e completa muito a postagem.Também estou com saudades, :)Beijo no seu coração (a propósito…)

    Curtir

    Responder

  3. Geiza, que bom que você gostou do exemplo. Escrevi isso porque você é digna dessa comparação.Um beijo com muito carinho para vocês dois

    Curtir

    Responder

  4. Olá meu querido, realmente aprendemos muito com as decepçoes na vida… algumas a gente nunca esquece e dói a cada momento que pensamos nela, por isso o certo é olhar com a idéia de "o que aprendi com isso" não vai mudar a siuação… mas alivia. rsGostei da nova imagem de capa do seu blog, ficou muito bonito! E sobre o relógio eu coloquei ele no meu blog sim, obrigada pelo link, ficou junto a barra final.Beijooo!

    Curtir

    Responder

  5. Ô Manoel! Obrigada sempre pelo carinho.Eu amo este enredo de Vaso e Oleiro.Rende muito esta prosa.Bjs Duplos!

    Curtir

    Responder

  6. Isso é verdade. Aprender com os erros e decepções é algo indispensável. Não se pode apenas ficar lamentando por uma decepção. Temos que parar para analisar o que está errado. Por que nos decepcionamos? Será que colocamos expectativas demais naquilo que nos propomos a fazer, estamos no caminho errado, ou estamos fazendo uma verdadeira tempestade num copo d'água?Ás vezes somos perfeitamente capazes de passar por cima de algumas decepções, mas não o fazemos porque nos achamos incapazes de realizar tal feito, nos preocupamos tanto com o que passou, com o que já foi feito que isso nos impede de prosseguir. E isso não pode acontecer, se quisermos crescer.Gostei muito da reflexão.Beijo no coração do amigo Manoel, saudades. 🙂

    Curtir

    Responder

  7. Aquiles, elas funcionam como uma força motriz que nos leva a decidir para soluções. Legal seu comentário.Um abraço

    Curtir

    Responder

  8. MARILENE, perfeito o seu comentário. Acredito nisso também. Valeu!Bjs

    Curtir

    Responder

  9. Vanessa, um dito, poucas palavras e uma grande verdade. Gostei da sua praticidade e da sua presença aqui no nosso cantinho. Estava com saudades suas.Flores

    Curtir

    Responder

  10. Tina, é verdade. Devemos estar sempre atentos. Se a situação existe devemos trabalhar para neutraliza-la e transformar tudo em energia positiva para a vida.

    Curtir

    Responder

  11. , isso é o pior! A gente se entrega com tudo que temos e no final da história tudo não passava de uma armadilha. Isso é para aprender e aplicar a experiência sempre, não é? Gosto muito do seu comentário.Beijos

    Curtir

    Responder

  12. Geiza, muito especial o seu comentário. Mostra uma situação que é natural ocorrer e a gente não valoriza. Ainda bem que contamos com os reparos do Oleiro.Um beijo carinhoso prá vocês dois

    Curtir

    Responder

  13. Inaie, pode ser sim!!! Gostei de sua praticidade e nada melhor do que você para gerenciar sua existência, kkk!Um abração

    Curtir

    Responder

  14. Renata, kkk! Concordo plenamente com sua afirmação.Um abração para vocês aí

    Curtir

    Responder

  15. Amantikir, você olha para trás apenas para a constatação e confirmação das coisas. O importante é o seu "jogo de cintura".Beijos

    Curtir

    Responder

  16. Bah, desde que não provoque um certo mal estar EM VOCÊ. Sempre vai valer como experiência para não entrar em outra fria. Serve como "vacina", né?Particularmente gostei do seu comentário.Kisu!

    Curtir

    Responder

  17. Adriana, é isso aí! Nada justifica a situação de acomodar-se.Beijos

    Curtir

    Responder

  18. Gisa, rs…rs! Enfático mesmo.Um beijo

    Curtir

    Responder

  19. Carla Renata, kkkkk! Seu comentário é super você mesmo. Você é um amor de pessoa.bjoooos

    Curtir

    Responder

  20. sem frustrações nos acomodamosas decepções nos tiram da zona do conforto e nos levam pra frente

    Curtir

    Responder

  21. Não creio que alguém cresça sem passar pelas decepções. Sempre aprendemos com os fracassos e devemos tirar deles o aprendizado necessário para se vencer os novos desafios. Bjs.

    Curtir

    Responder

  22. "Há males que vêm para bem."Flores.

    Curtir

    Responder

  23. Penso que devemos nos estruturar com td o tempo todo, com o de bom e o de ruim.Juntar flores e pedras para construir, crescer, edificar, mente, alma, o nosso mundo e o mundo a nossa volta.

    Curtir

    Responder

  24. Faz parte, né, Manoel? Mas, sem hipocrisia nenhuma, acho que quando a gente olha para trás, percebe que as decepções foram essenciais para o crescimento. No meu caso, elas me fizeram deixar de ser a boba que aceitava tudo para ser alguém que se coloca em 1º lugar na própria vida. Só ganhei com essas experiências!Obrigadabeijos

    Curtir

    Responder

  25. Me sinto aquele vaso que foi ganhando forma e quebrado, remendado… às vezes enfeitado, mas com os rachadinhos que me constrói… que precisa se espelhar no relógio… aceitar os limites e entender que a hora pode parecer a mesma, mas nunca é… que o outro vaso é diferente, mas melhor que nós… só o Oleiro.Um dia a gente entende? Sim… direto. Mas sempre quebramos de novo… e ganhamos um ajuste… quem dera venha em tempo. Bjs Manoel.

    Curtir

    Responder

  26. tudo muito bom, tudo muito bonito, mas ninguém gosta de se decepcionar. E eu prefiro crescer sem sofrer. Pode ser?

    Curtir

    Responder

  27. Tenho muitas "amigas" para me fazerem crescer!

    Curtir

    Responder

  28. Xiii,Manoel! Eu vivo olhando pra tras e nunca consigo esquecer nada.Será que a profecia do Ricardo Sá é verdadeira? Cruzes!Bjs.Inté!

    Curtir

    Responder

  29. Olha, isso é uma grande lição que eu tenho que aprender nessa vida. Quando eu sofro uma decepção é BEM eu encaro de forma muito fria. As pessoas que me conhecem bem têm medo desse meu lado. A decepção é pior do que a morte e ela se intensifica pelo grau de relação que vc tem com a pessoa. Todo mundo cresce com decepções, aliás, com todos os sentimentos que existem, o que esse texto diz é bom "deixar para lá feelings". Acho realmente que temos que esquecer de levar em frente o rancor que é gerado pela decepção. Mas a decepção tem que ser lembrada para vc poder discernir das lições que vc tem que levar adiante.Kisu!

    Curtir

    Responder

  30. Texto perfeito. Direto ao ponto, cresça e pronto! Sem medo e sem escolhas. Isso de culpas e culpados é mesmo certissimo, temos mania mesmo em por culpa em alguém. Nada de olhar para trás. Hora de crescerBeijosAdriana

    Curtir

    Responder

  31. "do tom"… Saiu errado.Mais bjs

    Curtir

    Responder

  32. Enfático esse "morrerá"!Gosto dom tom.Um bj

    Curtir

    Responder

  33. se decepção faz crescer.. ja sou uma GIGANTE.. se faz endurecer.. ja sou uma ROCHA.. então juntando uma coisa com outra eu sou uma MONTANHA..kkkkk.. bjokas e uma ótima segunda

    Curtir

    Responder

  34. ✿ chica, gostei da objetividade. É isso mesmo. Ou se cresce ou se dá a chance para ser derrubado. Gostei, ✿ chica.Um abração

    Curtir

    Responder

  35. Rebeca, também acho. A gente sempre aprende bem as coisas com exemplos bons ou ruins. Ai podemos traçar nossos pontos fortes.Beijo,xoxo (abraço e beijo), rs!

    Curtir

    Responder

  36. Ou crescemos ou deixamos que elas nos derrubem… Melhor crescer! abração,chica

    Curtir

    Responder

  37. É exatamente isso amigo Manoel! Enxergar nesses momentos difíceis os nossos pontos fracos e fazer deles, pontos fortes!!!Beijo,Rebecaxoxo

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: