REFLEXÃO

by Martha Medeiros

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez acionado, nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.

Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.

Não contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.

Cada um vai ter que descobrir sozinho.

E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém.


* Gostaram da receita???!!!
Anúncios

27 responses to this post.

  1. Marcilane, é verdade mesmo. Como somos pessoas diferentes umas das outras, por mais que queiramos fazer receitas, não conseguimos. O amor é muito maior mesmo.Um abração no coração

    Curtir

    Responder

  2. Nina, fique a vontade. Você manda aqui !!!Bjs

    Curtir

    Responder

  3. Nossa, isso é perfeito! vou colocar no meu blog, ta Manoel? adorei!

    Curtir

    Responder

  4. Eu não tenho conserto, fui lá ver. Gozado né? Achei legal isso ter marcado a sua memória. Tava guardado no arquivo certinho, rs. Vou olhar com mais carinho para isso (só por curiosidade) e ver de onde vem isso. Valeu!bjoksssss

    Curtir

    Responder

  5. Manoel, segue o link do texto, caso tenha curiosidade.http://esconderijosecreto.wordpress.com/2006/08/22/um-dia-voce-aprende-willian-shakespeare/dizem que é de Shakespeare mas eu não tenho certeza… nunca fui atrás pra descobrir..rs..bjoksssss

    Curtir

    Responder

  6. Que lindo! É bem assim mesmo. Tem gente que deseja encontrar a felicidade no outro, quando na verdade deveria encontrar a felicidade em si mesmo. O bom é viver a vida normalmente sem ir atrás dessas "receitas" que inventam por aí. Não há receita para o amor, e nem para a felicidade. O amor é muito grande para ser apenas a metade de um ser! E quando menos se esperar, ele pode acontecer. Forte abraço!

    Curtir

    Responder

  7. Bah, com certeza. Subtração é uma operação fora de cogitação nesses casos.Kisu!

    Curtir

    Responder

  8. Sandra, que bom que você está por aqui. Se está aqui é porque tudo vai bem.De fato a Martha é mesmo inspirada e inspiradora. É terrível e ótima.Um abração e inté!

    Curtir

    Responder

  9. Ana Karla, é isso mesmo. Assim é que se fala.Xeros

    Curtir

    Responder

  10. Eu não tenho conserto, legal você ter gostado do texto da Martha. Esse que você está citando eu não me recordo.bjoksssss

    Curtir

    Responder

  11. Isso é uma grande verdade. Só conseguimos amar outra pessoa quando amamos a nós mesmos e só somos felizes quando o outro entra na nossa vida para somar e não dividir, multiplicar a felicidade e não subtraí-la.Kisu!

    Curtir

    Responder

  12. Oi Manoel! Obrigada pelo recadinho lá no meu blog :-). Pois é, vou ver se volto logo a escrever, é que ando um pouco sem inspiração, mas ela já já volta.A Martha Medeiros sim é bem inspirada e inspiradora, rs…Um grande abraço e inté!

    Curtir

    Responder

  13. Adorei a receita Manoel.Eu me amo!Xeros

    Curtir

    Responder

  14. Ah.. me fez lembrar de um texto que tem título "um dia você aprende que…"Você deve conhecer porque vira e mexe tem pela net… é o meu preferido!bjoksssss

    Curtir

    Responder

  15. Eu acho esse texto muito legal!!! Já tinha lido em algum e-mail que alguém mandou… E realmente quando a gente percebe o valor que a gente tem as coisas ficam muito melhores à nossa volta.O problema é que um monte de gente acha que tem essa tal receita pra ser feliz e fica correndo atras disso… e perde o melhor da vida, que é curtir os momentos.Muito bom o texto!!!bjoksssssss

    Curtir

    Responder

  16. Rovênia, amiga querida. Que honra recebê-la por aqui. Muitas saudades também. A Martha é uma mulher especial, mas não é única. Tem muitas parecidas com o modo de ser dela e essas geralmente são fãs incondicionais dela.Volte logo!Um abração

    Curtir

    Responder

  17. Adriana, você fez uma boa observação. Nossa geração fica pressionada entre o "tá tudo liberado" e a tradicional família mineira. Então sempre pensamos sob pressão. E por incrível que pareça, a Martha Medeiros com seus escritos acaba por fortalecer posições sociais que a gente não conhecia e não admitia. O bom é que ficamos sabendo que nascemos para sermos felizes, não é mesmo?Beijos

    Curtir

    Responder

  18. Olá Manoel, passei para uma visitinha rápida, enquanto não pouso por aí! adoro a Martha Medeiros. Ela é sempre sensata e escreve sem complicações. Concordo,sim, temos de nos apaixonar por nós mesmos, antes de sairmos por aí! abraço e muitas saudades!

    Curtir

    Responder

  19. Amei a receita…Amei o texto. Verdade mesmo, ensinam cada coisa a gente. Depois ficamos por aí tristes, sozinhos e/ou acompanhados mas tristes e não sabemos o porquê! Simples! Não precisamos de companhia para ser feliz. Primeiro tenho que ser feliz sozinha para aí sim compartilhar essa felicidade com alguém ou não! Mas para aprender isso as vezes demora… Agora já sei…Mas demorei… :)beijosAdriana

    Curtir

    Responder

  20. Carla Renata, kkk! A minha chuparam e deixaram uns bagaços pelo chão.Uma linda quinta prá voce tambémbjoooos

    Curtir

    Responder

  21. ✿ chica, a Martha é muito talentosa e tem um modo todo especial de exprimir suas idéias.Um abração

    Curtir

    Responder

  22. Geiza, minha amiga querida. O importante é que com seu modo forte de enfrentar, quando menos se espera levanta de novo. Acho que todos somos assim.Beijo nos 2 corações.

    Curtir

    Responder

  23. Enide, fico muito satisfeito por ter você aqui. Obrigado por seu carinho e gentileza. Volte sempre que puder.

    Curtir

    Responder

  24. se a historia da laranja for verdadeira.. a minha metade já chuparam…rs.. bjokas e uma ótima kinta

    Curtir

    Responder

  25. Gostar de nós mesmos antes de tudo, torna mais fácil se apaixonar por outros. Adoro a Martha! abração,tudo de bom,chica

    Curtir

    Responder

  26. Adorei a receita.Eu quando cansei de esperar Apoio me inspirei nela e deu certo por um tempo.Quando me amei, atrai amor.Mas eu não me basto… e como preciso de dengo, tenho hormônios… sou de carne, osso… cai de novo… preciso da muleta do outro. Pode isto?!

    Curtir

    Responder

  27. É sempre um prazer vir aqui nunca saio como entrei sempre saiu melhor, lindas escritas parabéns linda mensagem MARTHA MEDEIROS

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

PANELA EUROPÉIA

O mundo numa panela só

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

Poesias e Cia - Ana de Lourdes Teixeira

Sem pretensões... O único desejo é compartilhar com as pessoas o que escrevo.

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

Realize Criatividade

por Patrícia de Azevedo

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Blog Caderno da Lua

#ApoioAutoresNacionais

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

Divergências Vitais

Memórias, dicas e "causos" de uma brasileira vivendo na Alemanha.

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista dos meus pontos

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: