Você sabe o que significa Big Brother?

by Livia Bacan

O Big Brother Brasil está acontecendo e há comentários sobre isso para todos os lados, seja dos que gostam ou dos que detestam. Não podemos negar, o assunto está aí. Mas uma curiosidade: você sabe por que o programa se chama Big Brother?

Em inglês, “big brother” significa “irmão mais velho“. He is my big brother. Ele é meu irmão mais velho.
Porém, a inspiração do nome do programa de TV vem de um personagem, do livro “Mil novecentos e oitenta e quatro” (Nineteen eighty-four) de George Orwell (pseudônimo do escritor inglês Eric Arthur Blair).
O livro fala de uma sociedade vivendo sob um regime totalitarista em que as pessoas estavam em constante vigilância.
As autoridades vigiavam a população que era lembrada disso através da propaganda do estado: “Big Brother is watching you.” (O Big Brother está te vigiando.)

Diz-se que a descrição física do Big Brother se assemelha muito à do ex-líder da extinta União Soviética Josef Stalin. Porém não se sabe ao certo se o personagem “Big Brother” existia, ou se era apenas uma invenção deste governo autoritário para dar um “rosto” ao regime. Mas o nome serve de referência até hoje para uma pessoa autoritária, que exerce um controle ditatorial e vigilante.

O nome serviu então de inspiração para o programa de TV em que as pessoas são vigiadas 24h por dia.

* Apenas como curiosidade. Eu não sabia disso, kkk!

Anúncios

24 responses to this post.

  1. Olá Manoel.Não sabia essa curiosidade sobre o BBB.Já escrevi vários desabafos sobre o programa e suas influencias na sociedade (de acordo com o meu ponto de vista), mas ainda não postei no blog.Fico indignada com a qualidade do programa, com a repercussão que ele tem. Mas esse sucesso também mostra o que nós (a população em geral) buscamos, o que nós gostamos de assistir na TV… enfim.Eu faço minha parte não assistindo ao BBB e respeitando quem assiste.Abraço.Ana Virgíniafilhadejose.blogspot.com

    Curtir

    Responder

  2. Opa, bom olhar essa divulgação do real sentido da expressão. Eu havia lido o livro e só recentemente fui fazer a ligação, meio filosófica, do programa vinculado pela Rede Globo e o livro, que apresenta um mundo vigiado por tele telas e sem nenhuma liberdade de expressão.

    Curtir

    Responder

  3. Grande Manoel!Apresentando George Orwell pra turma.1984 é sensacional. Nunca achei o filme à altura do livro, mas acho que é sempre assim, né?Sobre o reality show, lembro que assisti no primeiro ano.Depois, nunca mais. E jamais fez falta na minha vida… ;)Abração

    Curtir

    Responder

  4. Oi Manoel!O Big Brother é programa ao qual não perco meu tempo para assistir, mas o artigo da Lívia foi muito interessante. Adorei mesmo.Bjo no ocração.

    Curtir

    Responder

  5. O Big-brother infelizmente é só parte de todo um conjunto de programas ruins, tendenciosos, com apelo sexual, comercial, com exposição e inutilidade pública.Vemos na transmissão do carnaval, ser pejorativo, alcoólatra, promiscuo como símbolos de virilidade, alegria, modernidade.A novela Salve Jorge é um salve-se quem puder e por ai lá vai.Escolher o que ver, o que ler, é BIG.Segue reflexão para complementar minha opinião:"O que irrita no Big Brother, mais do que sua inutilidade, é o fato de os participantes serem tratados como vítimas. Qual é? Circula pela Internet um arquivo PPS que, pela primeira vez na história dos PPS, me tocou. Ele mostra heróis de verdade: homens e mulheres que abrem mão do conforto de suas casas para fazer trabalho voluntário em aldeias na África e em clínicas móveis no Líbano. São pessoas que oferecem ajuda humanitária internacional através do programa Médicos sem Fronteiras e que não medem esforços para dar amparo e assistência a moradores de ruas e demais necessitados, seja no fim do mundo ou aqui mesmo nas ruas do Brasil. Isso é heróico, isso é ser guerreiro. Quantos de nós, bem-nascidos e bem-criados, abrem mão de seus pequenos luxos para ajudar quem precisa? Por isso, se você é da turma que liga pro Big Brother pra votar em paredões, pense melhor antes de erguer o telefone. Direcione sua ligação para um programa assistencial, gaste seu dinheiro com algo que realmente seja útil. Assista ao BBB, divirta-se e dê audiência, não há nada de errado com isso, mas cada vez que tiver o impulso de ligar pra tirar fulano ou cicrana do programa, se toque: tem gente mais necessitada precisando da sua ligação. O site do UNICEF traz uma lista de entidades com que você pode colaborar dando apenas um telefonema. Quer dar uma espiadinha? Então espie o que está acontecendo à nossa volta."Fonte: Jornal “Zero Hora” do ano de 2008, por Martha Medeiros

    Curtir

    Responder

  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    Curtir

    Responder

  7. Manô,nem posso deixar minha opinião aqui sobre esse "programa" chocaria muita gente! Enfim, acho que todos fazemos parte um Big brother bem mais abrangente e dominador, a tecnologia! Sem saber somos monitorados de várias formas. Gr. Bj.!

    Curtir

    Responder

  8. Olá Manoel. Tudo bom?Olha que já acompanhei o BBB, porem hoje não acompanho mais, já faz um bom tempo. Acho que não é mais novidade por este fato que muitos o abandonam. Gostei de ficar sabendo deste fato curioso,não conhecia.Irmão mais velho sempre vigia, kkkkk, lembro dos meus.Beijinhos amigo e um alegre feriado.

    Curtir

    Responder

  9. lis, menina muito querida. Que bom ver você de volta das férias. Eu postei esse Big Brother porque vejo o pessoal falando e a gente sempre repete o que a mídia nos apresenta sem saber o que é. Eu nunca assisti e dificilmente assisto tv.Um bom feriado prá você também.Um forte abraço na menina

    Curtir

    Responder

  10. Carla Renata, legal! Então bateu comigo! Raramente assisto tv. Não critico porque se não assisto não formo opinião, kkk!bjokassss lindeza

    Curtir

    Responder

  11. sinceridade? nem sei kem participa do programa.. raramente ligo a tv..rs.. bjokas lindezu

    Curtir

    Responder

  12. Oi kiridosaudades muitas! blog com visual novo_gostei! é sempre bom renovar.O tema é oportuno ,estamos vivendo dias de Big Brother_ já na 13° edição significa alguma coisa ,não é?tem quem goste! como observação de comportamentos as vezes tiramos algumas lições _mas já perdeu bastante a graça e _prefiro aproveitar o horário pra ler algum bom livro.Já acompanhei algumas edições e me divertia ,hoje não mais _o formato era bom, hoje cansou! rsUm bom feriado_ bons dias e um grande abraço ao meu querido Manoel

    Curtir

    Responder

  13. Bah, não sabia não! Que interessante, kkk! Males que vem para bem, né?Kisu!

    Curtir

    Responder

  14. Eu gostava de Big Brother quando estava no Brasil. É um programa que juntava eu, minha irmã na frente da TV. Hoje são lembranças. Não sei se vc sabe, mas eu participei da seleção do BBB3 auhauahua em 2003 acho… mandei um vídeo e fui selecionada para entrevista no RJ. Ainda bem que não passei, minha vida não teria metade da bagagem que tem hoje.Kisu!

    Curtir

    Responder

  15. José, obrigado por sua atenção. Volte por aqui sempre que puder.Um abraço

    Curtir

    Responder

  16. Renata, aquí parecemos bobos. A mídia fala, nós aceitamos e nem perguntamos de que se trata, rs…rs. Isso quando alguem ainda não coloca nome igual no filho.Fico feliz por ver a amiga aqui. Tenha saudades da criançada, principalmente da sua menorzinha que tem um sorriso lindo.Um abração

    Curtir

    Responder

  17. Amigo Manoel!Antes de mais quero felicita-lo pelo maravilhoso Blogue e, tanta informação importante que me ajuda a ter mais conhecimento! Parabéns e siga-me que eu o seguirei!Um abraço

    Curtir

    Responder

  18. Por acaso eu sabia porque aqui em Portugal no ano 2000 quando teve o primeiro programa Big Brother isso foi bem comentado.

    Curtir

    Responder

  19. Vanessa, gostei do seu comentário. Esta é a realidade mesmo.Bjoss

    Curtir

    Responder

  20. Legal saber que tem algo tão concreto e até mesmo cultural "por trás" do Big Brother Brasil. Eu acho que muitas pessoas reclamam por "modinha", sabia? É claro que hoje em dia, já perdeu a graça… Mas pelo menos um ano ou outro, alguém acompanhou ou viu alguns "episódios" do reality.Muitos reclamam e assistem. Muito legal a postagem, adorei! :Dhttp://oiflordeliz.blogspot.com.br

    Curtir

    Responder

  21. Ana Paula, agora eu passei a entender o ambiente de escravidão moral que rola nesses realities. Quem se submete tem que dançar conforme a música. Depois a gente não entende por que a maior projeção do Brasil no exterior é em cima do turismo sexual. Deus proteja nossos filhos disso, né?Beijo

    Curtir

    Responder

  22. Rita, que bom que você gostou.Uma semana maravilhosa para você também. Com certeza nossa admiração é recíproca. Adoro você.BeijosManoel

    Curtir

    Responder

  23. Eu também não sabia. Para mim e acho que para muitos, o brother que dá nome ao programa, seria um cara legal, amigo, com atitudes de um irmão mesmo, que te ajudaria lá dentro daquela casa.Por trás de todas as festas, bebidas está o big brother lá: autoritarismo vigiado.Muito interessante! Que bom que você nos trouxe este texto. Quando ouvirmos falar do bbb, ele nunca mais será o mesmo.

    Curtir

    Responder

  24. Bom dia de segunda feira, vim deixarum abraço desejar uma bela semanaE que seu feriado seja cheio de alegriasAgradeço sempre sua amizade que adoroBjusss com carinho, gostei de saber sobre BBBRita!!!!º° ✿彡

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: