APRENDA A VIVER COM A SIMPLICIDADE DAS CRIANÇAS



Vivemos em um mundo de intensas dores e ansiedades. Porém, não significa que devemos deixar tudo isso ditar as regras sobre nossa existência.

Pelo contrário, precisamos reagir submetendo nossa vida a uma outra lógica, que não nos permitirá ser totalmente engolidos por essa enorme onda de agitação e ansiedade.

O ser humano é, no reino da vida, o único ser dotado de pensamento (razão). Ele é o único capaz de não se permitir determinar pelo meio em que vive e pelos seus instintos. Assim, pode construir uma realidade nova e melhor, que mais eficazmente corresponda à sua autêntica realização.

O homem não é uma massa de manobra que será sempre escrava do tempo e de suas frágeis tendências. Não! Ele é muito mais e foi criado para ir mais longe, pois possui a “dinâmica força da vida” dentro de si.

Não será possível uma vida sem tensões e sofrimentos, e sobre isso já falamos. Mas como gerir esses sofrimentos e tensões tão comuns em nossa vida?

Aqui, não me sinto autorizado a despejar sobre você receitas (ou frases) prontas. Ao contrário, desejo apenas propor caminhos que o possibilitem pensar e, posteriormente, encontrar ferramentas que o auxiliem neste processo.

Gosto de contemplar o jeito como as crianças percebem a vida e as dificuldades nela presentes. Para elas, as coisas são simples e descomplicadas, e quase sempre elas acabam encontrando soluções fáceis e bem humoradas para cada tensão que encontram. Elas não possuem a pretensão de querer reter, instantaneamente, a felicidade debaixo dos braços, mas a buscam experimentar em pequenas porções, a partir de cada pequena coisa que a existência lhes proporciona.

No universo delas, a felicidade está em pequenos gestos: em uma partida de futebol com os amigos, em uma brincadeira na rua ou em uma refeição cheia de comidas gostosas etc. Enfim, elas conseguem viver bem cada momento, sendo inteiras (e felizes) em cada fragmento.

Com elas podemos aprender algo?

Acredito que aprender a viver com simplicidade sem complicar os fatos, lutando para separar cada coisa e as experienciando uma de cada vez é um concreto caminho para uma boa gerência de tensões (um caminho para a maturidade).

Percebo que uma boa e diária dose de paciência revestida de otimismo, diante de nossa vida e de seus muitos desafios, também nos possibilita bem lidar com nossas frustrações, ensinando-nos a não nos desesperarmos diante das momentâneas derrotas que o dia a dia nos apresentará.

* Vale a pena ter um coração semelhante ao da criança?
Anúncios

25 responses to this post.

  1. O coração de criança sim, mas a cabeça NUNCA uahuahuaKisu!

    Curtir

    Responder

  2. Tina, maravilhoso esse seu comentário. É do Pe. Zezinho (meu amigo aqui de Taubaté. Conheci muitos músicos e cantores da MPB nos aposentos dele. É o cara mais simples e lúcido que eu conheço e não tem papas na língua. Fala o que pensa.) mesmo, essa música.Amor de comentário.Abraços.

    Curtir

    Responder

  3. Rovênia, estou de acordo com sua opinião. Que bom que você gostou :)Manoel

    Curtir

    Responder

  4. LEMBREI DE UMA CANÇÃO DOS TEMPOS DE ESCOLA E AULAS DE RELIGIÃO E DE UMA FRASE, SEGUEM."Um dia uma criança me parou,olhou-me nos meus olhos a sorrir.Caneta e papel na sua mão,tarefa escolar a cumprir.E perguntou no meio de um sorrisoo que é preciso para ser feliz?Amar como Jesus amou,Sonhar como Jesus sonhou,pensar como Jesus pensou,viver com Jesus viveu.Sentir o que Jesus sentia,sorrir como Jesus sorriaE ao chegar o fim do diaeu sei que eu dormiria muito mais feliz.Ouvindo o que eu falei ela me olhou edisse que era lindo o que eu falei. Pediuque repetisse, por favor, que não falassetudo de uma vez." (Acho que a letra é do Pe Zezinho)“As pessoas grandes têm sempre necessidade de explicações… Não compreendem nada sozinhas, e é cansativo para as crianças, estar toda hora explicando.”(Do livro O Pequeno Príncipe)

    Curtir

    Responder

  5. É por aí mesmo, Manoel. As crianças estão cobertas de razão. Devemos nos preocupar em ser felizes com os pedacinhos do dia. Elas resolvem tão bem seus problemas. E elas têm problemas. No final, teremos um dia bom, bem vivido. Amei! :)E vc me deu uma ideia… escrevo depois. Abraços!

    Curtir

    Responder

  6. Anne, você tem razão. Muitas vezes elas derrubam os nossos conceitos.bjs,

    Curtir

    Responder

  7. lis, minha amiga menina e muito querida. Eu tenho você sempre no pensamento pois nossa amizade é muito forte e de longo tempo. Tempos atrás você viu que perdi ("Apaguei") tudo do blog. Foi ruim, contudo existe coisa pior. Comecei outra vez e demorei para conseguir a configuração que eu tinha. Nós somos do tempo do Blogspot. Depois veio o Blogger e em seguida o Google comprou o Blogger e fica pressionando a gente para passar para o Google+. Após "driblar" todas essas tentativas, o recomeço não configurava com os blogs antigos. Então o seu blog, o blog da Ana Karla, da Dani Dutch,…, e outros não apareciam na minha listagem de contatos. Há coisa de semanas é que consegui, não me pergunte como, resolver isso. Até fiz um blog em paralelo no WordPress, caso perdesse esse. Enfim, é isso.Um beijo e um abraço na amiga menina querida e hoje aqui está mais para barulho no toldo do que para calor insuportável.Manoel

    Curtir

    Responder

  8. Como vale a pena observar o jeito das crianças e aprender com elas!Confesso que elas me ensinaram mais do que eu a elas!bjs,

    Curtir

    Responder

  9. Aline, muito legal o seu comentário. É isso mesmo. Dá a impressão que ficamos calejados com as preocupações e esquecemos da ternura e da delicadeza.O pior é que não percebemos que com ternura e delicadeza fica mais fácil passar pelosnproblemas da vida.Beijos

    Curtir

    Responder

  10. Mara, é isso mesmo. Todos nós falamos isso. Concordamos com a teoria, todavia, na prática poucas pessoas usam isso.Beijos no seu coração.

    Curtir

    Responder

  11. Ana, concordo com você! Já pensou a confusão que seria isso? Rs…rs.Uma maravilhosa semana pra você.

    Curtir

    Responder

  12. Nascemos com o dom da simplicidade, mas na vida adulta esquecemos ela pelo meio do caminho. Temos mais responsabilidades e preocupações, mas não devemos permitir que o nosso coração fique tanto tempo longe da simplicidade e da beleza das coisas simples. A alma precisa de ternura e delicadeza. As crianças têm muito a ensinar… Beijinhos.

    Curtir

    Responder

  13. Oi Manoel! Sempre gostei de crianças por sua transparências. Assim que, mesmo crescendo, deveríamos ser, nunca perder a inocência no olhar.Bjo no coração.

    Curtir

    Responder

  14. Olá, Manuel. Acho que vale ter o coração de uma criança, mas a cabeça de um adulto. Acho que é por aí.

    Curtir

    Responder

  15. oi ManuelPassando pra deixar um abraço ( já é bem tarde), li o texto na leitura dinâmica bem corridinho e ter paciência é fundamental no trato com as crianças principalmente. … e também em leituras de textos rsrs pra entender tudo direitinho e saber comentar… : /Não é reclamação mas vejo voce em todos os blogs que visito , não entendi direito porque nao gosta do meu, mas continuo insistindo…abraços e bom domingo

    Curtir

    Responder

  16. Mary, adorei o seu alegre comentário. De fato fica tudo mais simples e alegre.Um ótimo domingo para você também.Beijos mil na querida amiga

    Curtir

    Responder

  17. coincidência amigo, mesmo signo hein?? vamos procurar juntos alguns peixinhos para nossos aquários sim.. hehehe.. amei seu texto.. vale sim, vale muito a pena ter um coração como o de uma criança, eu tento, pelo menos às vezes colocar meus olhos e pensamentos no mesmo nível de qdo era criança, tudo parece mais simples e alegre, assim consigo aproveitar as alegrias que o dia a dia traz.. beijos mil amigo e ótimo domingo..

    Curtir

    Responder

  18. @hannah_g3 (Dona do A.N), obrigado por sua presença e comentário por aquí. Gostei muito do seu comentário. É uma realidade mesmo. Tem também o "vinde a mim as criancinhas porque delas é o Reino dos Céus.Eu gosto muito das coisas criativas do seu blog também.Um abraço

    Curtir

    Responder

  19. Ana Paula, verdade mesmo. Tudo com uma pureza sem complicações.Beijo

    Curtir

    Responder

  20. Tallita, acaba que a vida vai nos ensinando, não é?bjs

    Curtir

    Responder

  21. ✿ chica, também acho. Sem complicações, não é?Fui ver a postagem e adorei a ingenuidade dele. Se bobeassem ele correria lá para pegar seu pedaço de bolo, rs…rs!Um grande abraço

    Curtir

    Responder

  22. Parabéns pela postagem, realmente vale a pena ter um coração semelhante ao da criança, pois a criança é um ser puro, até ser contaminada pelo o que lhe rodeia. Não só pelo fato de serem crianças, mas também baseado em que Jesus ensinou, pois como Jesus mesmo disse, para alcançarmos o Reino dos Céus devemos ser como crianças né.Muito obrigada pela visita em meu blog e por colocar meu blog nas dicas de visita em seu blog e sempre que quiser conferir músicas cristãs diferentes, dicas de saúde e etc é só passar lá que será sempre bem-vindo :)ótimo blog o seu, continue assim.Adolescente Nerd

    Curtir

    Responder

  23. Sim vale muito a pena viver como os corações das crianças! Simplicidade e viver no presente com intensidade. As crianças vivem cada momento, estão completamente focadas no presente!Beijo

    Curtir

    Responder

  24. é verdade, nós seres humanos são sabemos lhe dar cm adversidades que nos cercam.bjs

    Curtir

    Responder

  25. Gosto da simplicidade como exemplo em cada fato da vida. Vale sempre. E, por falar em crianças, te convido pra ver uma engraçada de um dos meus 6 netinhos; Está no http://canteirosdavida.blogspot.com.br/2013/04/precisa-registrar.html Simplicidade e inocência,rs abração,chica

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: