TRAUMAS NA SEXUALIDADE


Muitas vezes, temos sérios traumas relacionados ao nosso corpo, à nossa sexualidade. Queríamos ser mais altos ou mais baixos, mais magros ou mais gordos. Passamos a vida inteira insatisfeitos, tentando mudar, fazendo plástica, colocando silicone, tomando remédios para modelar o corpo. Não admitimos a santidade e a beleza do nosso corpo. A Bíblia não tem medo de afirmar, muitas e muitas vezes, que o autor do meu corpo é Deus. Enquanto não chegarmos a essa experiência de termos a visão correta de nós mesmos, que fomos gerados no seio de nossa mãe, vamos carregar embutidas idéias erradas.
Temos vivido a exploração do “voyeurismo”, que nada mais é do que a transmissão de valores, idéias e visões erradas em relação à sexualidade e ao corpo. Uma prova disso são as revistas pornográficas.
O homem moderno está bastante evoluído. Se a sexualidade está sendo vivida de modo tão natural como dizem que está, por que então, a cada dia que passa, inventam-se e criam-se novas publicidades nesse campo?
Mesmo tendo trezentas mulheres, Davi não se saciava, pois seu problema não era afetivo. Ele não queria amar alguém, mas ter prazer.
Essa desarmonia está ligada à gestação do ser humano, à sua concepção. Por isso é muito importante fazer a oração de cura interior tomando posse da graça de Deus que estava presente em cada um desses momentos.
Quando começarmos a compreender que a concepção de uma vida é natural do ponto de vista humano e que o ser humano é chamado a exercer esse ministério participando da graça de Deus, começaremos a mudar a mentalidade relacionada a nossa sexualidade.
Não podemos mais deixar o demônio nos prender, nos amarrar em algo que vamos carregar conosco a vida inteira. Traumas assim não se resolvem nem durante a velhice. Por que ficar a vida inteira com traumas nesta área?
A sexualidade deve ser revestida de um momento, de um lugar sagrado, porque pela unidade física o ser humano está participando de um momento lindo da criação de Deus. Isso precisa ser solenizado, mas o “encardido” tem nos convencido de que é feio e que precisa ser escondido. Por que um casal deve viver essa intimidade a portas fechadas? Porque o momento é lindo demais para ser dividido, íntimo demais para ser partilhado e solene demais para ser vulgarizado. O casal está em íntima comunhão consigo, marido e mulher, daí a nudez total não só de tirar a roupa mas de abrir o coração, porque Deus está presente.
É algo lindo, maravilhoso, mas o “encardido” espalhou que é feio e que precisa ser escondido. Começa a despertar malícia na criança, no adolescente, nas outras pessoas. Esse é, de fato, o objetivo do demônio: fazer com que o ser humano não se aceite no seu corpo.
São João nos revela um critério de discernimento para saber se a pessoa tem ou não contaminação demoníaca. O demônio e qualquer espírito maligno jamais conseguem confessar que Jesus Cristo veio na carne, porque o Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós para nos salvar. Ao fazer com que olhemos para a carne com uma idéia pecaminosa, com visão distorcida, o “encardido” está nos fazendo não aceitar a salvação. Por que a sexualidade torna-se fonte de tanto pecado? Porque ela está associada, e não há como separá-la, ao mistério da salvação do ser humano; da minha e da sua salvação.
Anúncios

12 responses to this post.

  1. Como a maioria das adolescentes eu já fui de não aceitar certas coisas em mim, mas depois de um tempo eu aprendi a me amar do jeito que sou e sei que aos olhos de quem me criou sou perfeita. Perfeita do meu jeito. E o mais importante é que a sua alma (o lado interior) seja linda e bem preservada que irá refletir no exterior. Beijos Manoel, obrigada por seus comentários!

    Curtir

    Responder

  2. É verdade Manoel, e sabe, a mídia tem uma parcela de culpa em 90% desses traumas. Estou feliz comigo, não tenho vontade de mudar nada, sou super contra essas plásticas que resultam pessoas totalmente artificiais. :*Coruja Essência

    Curtir

    Responder

  3. Bah, adoro esse seu jeito "resolvida". Acho muito legal!Kisu!

    Curtir

    Responder

  4. Mara, querida amiga. Concordo com você. O Pe. Léo foi "fera"!Vou lá conhecer os seus préstimos.Beijo no seu coração

    Curtir

    Responder

  5. Camila, tá legal! Os defeitos fazem parte do nosso desenvolvimento e o preconceito não deixa de ser um defeito que aos poucos vai sendo eliminado.Um grande beijo para você também!

    Curtir

    Responder

  6. Rovênia, conheço quase nada sobre o budismo. Pode ser!Um abraço de bom feriado!:)

    Curtir

    Responder

  7. Janice, tá certo! É próprio do ser humano, não é?beijos!!

    Curtir

    Responder

  8. Eu nunca tive problema com meu corpo, com a minha sexualidade. Graças a Deus rs… nunca fui encanada com isso e acho que nesse departamento eu estou OK auhauahauaKisu!

    Curtir

    Responder

  9. Oi meu amigo! Tenho verdadeira paixão por tudo que o Padre Léo escreve, um ser humano ímpar.das minhas Estou começando uma página de artesanato(uma terapia para mim)e gostaria que você fosse conhecer e me dizer se gostou.http://www.facebook.com/Atelielinhaseretalhos?ref=hl Bjo no coração

    Curtir

    Responder

  10. Eu não sofre de nenhum preconceito desses. Tenho muitos defeitos mas preconceito não é um deles com certeza e me orgulho disso! Grande beijo pra vc!

    Curtir

    Responder

  11. Boa reflexão, e faz sentido. Acho que os budistas pensam assim também! Um abraço!

    Curtir

    Responder

  12. Nunca estamos satisfeito com nada.beijos!!

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

PANELA EUROPÉIA

O mundo numa panela só

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

Realize Criatividade

por Patrícia de Azevedo

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

Divergências Vitais

Memórias, dicas e "causos" de uma brasileira vivendo na Alemanha.

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

%d blogueiros gostam disto: