DOIS E DOIS SÃO QUATRO

Imagemby Ferreira Gullar

Como dois e dois são quatro
Sei que a vida vale a pena
Embora o pão seja caro
E a liberdade pequena
Como teus olhos são claros
E a tua pele, morena
como é azul o oceano
E a lagoa, serena

Como um tempo de alegria
Por trás do terror me acena
E a noite carrega o dia
No seu colo de açucena

– sei que dois e dois são quatro
sei que a vida vale a pena
mesmo que o pão seja caro
e a liberdade pequena.

 

* Achei bonitinho e postei. Valeu a pena???!!!

Anúncios

20 responses to this post.

  1. Voltei no tempo agora. Eu tinha esse poema escrito em algum lugar e, por algum motivo, decorei ele. Absolutamente lindo e profundo.

    Obrigada pela memória, Manoel.

    Curtir

    Responder

  2. A vida é feita de várias coisas que a compõem, mas sempre há uma lógica em tudo.

    Kisu!

    Curtir

    Responder

  3. Ficou bonito o blog .Bem original e leve ,gosto!
    deixo abraços

    Curtir

    Responder

    • lis, ficou menos rebuscado do que o outro. Aqui tenho mais limitações para o layout e tenho que, eu mesmo, criar os “penduricalhos”. O bom é que estou aprendendo a usar outras linguagens.
      Gostei muito da menina aqui. Volte sempre que puder. Hoje tem barulhinho no toldo.
      Grande e afetuoso abraço

      Curtir

      Responder

  4. Oi amigo.

    Ferreira Gullar esteve na Flip este ano, mas não consegui vê-lo.
    Tenho uma especial admiração pelos textos dele.

    Valeu a pena o texto sim.

    Boa semana pra você.
    Ana Virgínia
    filhadejose.blogspot.com

    Curtir

    Responder

    • Ana Virgínia, amiga muito querida, carioca do brejo! Eu também acho o Ferreira Gullar uma cabeça e tanto. Nunca tive a oportunidade de encontrá-lo. Fico feliz porque você gostou e mais feliz ainda por sua presença aqui. Uma boa semana para você também.
      Beijo

      Curtir

      Responder

  5. Valeu a pena sim!
    Gostei do poema. Me lembrou um amigo que tive.
    Beijos

    Curtir

    Responder

  6. Olá,Manuel! Simplesmente me encantei com estes versos que parecem tão singelos, mas cuja profundidade e ternura fazem tão bem ao coração da gente…Tão belo e acolhedor! Sempre gostei muito da poesia do Ferreira Gullar…Valeu demais compartilhar! Aproveito pra te agradecer pela tua visita tão simpática e gentil lá no meu singelo bloguinho…E que bom que você gostou desse meu cantinho virtual! Também gostei muito do teu blog, e sempre que eu puder,vou passar por aqui! Muito obrigada pela tua atenção e carinho, e seja sempre muito bem vindo!
    Um abraço grande e uma semana de muita paz pra ti!!!
    Teresa (do blog “Se essa lua fosse minha”)

    Curtir

    Responder

    • Teresa, nossa! Fiquei muito feliz por sua presença e comentário aqui no nosso cantinho. Gostei muito do seu cantinho e do seu invejável modo de viver. Eu adoro plantas, adoro plantar e adoro cuidar. Quanto mais trabalho der mais eu me dedico. Com o tempo a gente vai ficando parecido com as flores ( no coração, é claro!).
      Sempre que puder apareça por aqui.
      Um abraço com carinho e uma semana maravilhosa

      Curtir

      Responder

  7. Posted by Elvira on 29 de setembro de 2013 at 16:19

    Oi Manoel.
    Obrigada pelo incentivo que você me deu lá no blog.
    Eu adorei esse poema.
    Bjs.
    Elvira

    http://evipensieri.wordpress.com/

    Curtir

    Responder

  8. Posted by Marcilane on 29 de setembro de 2013 at 16:05

    Muito, muito à pena. Quanta ternura nesses versos… simplicidades que fazem a vida valer à pena! 🙂
    Beijo^^

    Curtir

    Responder

  9. Posted by Arlene L. Araújo on 29 de setembro de 2013 at 14:49

    Muito bonitnho, mesmo!! Beijo, querido.

    Curtir

    Responder

  10. Nossa , Manoel ! Se valeu !Ferreira Gullar é muito lindo . Adoro o que ele diz sobre a arte : a arte existe porque a vida não basta . Lindo , né ?

    Beijão ,
    Ana

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

PANELA EUROPÉIA

O mundo numa panela só

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

Realize Criatividade

por Patrícia de Azevedo

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

Divergências Vitais

Memórias, dicas e "causos" de uma brasileira vivendo na Alemanha.

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

%d blogueiros gostam disto: