SINTO RAIVA ! COMO RESOLVO ISSO ?

Imagemby Ricardo Sá

Os sentimentos são uma espécie de energia presentes em nós que precisa ser compreendida.

Caso contrário, eles poderão até nos causar doenças no corpo, na alma e nas emoções.

É importante entender que sentir não é um mal em si; o mais importante é que nós reflitamos sobre o modo como vivemos o que sentimos.
Não tenha medo nem pressa! Dê-se o direito de sentir; medite, reze, peça ajuda e torne-se, assim, uma pessoa melhor!

* O importante é não “curtir” a raiva. Não acham???!!!

Anúncios

12 responses to this post.

  1. A raiva ter que ser explodida, de alguma forma, mas de preferência não na cara das pessoas que amamos rs… é preciso achar uma válvula de escape.

    Kisu!

    Curtir

    Responder

  2. Acho que não podemos sufocá-la só para parecermos “bonzinhos”. Ela pode explodir feito vulcão… Reconhecer este sentimento e encontrar a melhor forma de lidar com ele é muito importante.
    Obrigada pelo vídeo. Incrível! Beijo

    Curtir

    Responder

  3. Estou domando a minha raiva! rs
    Ás vezes fico estressada por tão pouco…mas tento sempre respirar fundo e pensar se é mesmo necessário esse sentimento!

    Beijos,
    Ana.
    Nk Cherry

    Curtir

    Responder

  4. Rs como a Rovênia disse, a carinha da foto deu uma leveza ao tema.
    Não estamos isentos a sentimentos ruins, mas é preciso saber se trabalhar para reter apenas o que nos faz bem, né? Pra uns isso é mais fácil, para outros nem tanto… Ce la vie, né?

    Curtir

    Responder

  5. Podemos ter sentimentos contraditórios, todavia não devemos deixar que eles explodam a ponto de ferir as pessoas que nos rodeiam. Eu não sei fingir, mas sei me controlar e acho que é isso que conta. Buscar ajuda em Deus é o caminho mais acertado, afinal é Ele quem nos sonda e nos conhece…
    bjkas doces Manoel.

    Curtir

    Responder

    • Marly, gostoso ver você aqui. Gostei do seu comentário. Humano demais. Assim é que somos e o controle é fundamental porque toda ação tem uma reação igual e de sinal contrário.
      Estava com saudades (de verdade. Não políticas!) de você. Vivemos fases e fases trocando mails e sabemos um pouco de cada um de nós. Minha admiração pela doce menina é grande. Desde 2008 ou 2009.
      Doce beijo,

      Curtir

      Responder

      • Paula, amiga querida. Eu sou avesso à ódios e grandes raivas. Sou adepto a coração aberto (de verdade) e alegria na vida minha e dos que me rodeiam. Então essa carinha de “brava” da fofinha já é fruto do meu subconsciente. Adoro paz!

        Beijo

        Curtir

        Responder

  6. Posted by Rovênia on 21 de outubro de 2013 at 19:57

    Com essa fofinha aí, a raiva ficou linda demais! Sejamos nessa hora, a da raiva, como as crianças, que mostram a insatisfação. Fingir que está tudo bem, também não dá! Mas até nessa hora temos de respeitar os limites para que da raiva não surja a violência. Mas passado o momento do raivoso sentimento, voltemos a sorrir! É como os pequenos ensinam!
    Um abração!

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

© Célia Moura

Biografia, Poesia, Pensamentos, Prosa Poética, Obras Publicadas, Projectos Literários

Relatos desde mi ventana

Sentimientos, emociones y reflexiones

Violeta López

violetalc01@gmail.com

Deixe escapar a emoção

Fabiana Oliveira

Tatyanna Gois

little ginger girl

Bastidores da Escrita

escritores rumo à publicação

Oh kah

por Verônika Leicam

Cara de Cotia

Meio divertida, por vezes filosófica, sempre confusa!

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

Vovente by: Jessica Pereira

Um pedaço do meu coração está em você.

seismaisdois

um blog sobre tudo feito por alguém que não sabe nada

EscreViver

"Eu escrevo para os outros existirem", José Luís Peixoto

Dezassete

A felicidade passa por aqui

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Blog Caderno da Lua

#ApoioAutoresNacionais

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

%d blogueiros gostam disto: