“DOR”

Imagemby Ana Jácomo

Tem dor que vira companhia.

Olhando de perto, faz tempo que deixou de doer, só tem fama, mas a gente não solta.

Quem sabe, pelo receio de não saber o que fazer com o espaço, às vezes grande, que ficará desocupado se ela sair de cena.

Vazio é também terreno fértil para novos florescimentos, mas costuma causar um medo inacreditável.

Quando, finalmente, criou coragem e deixou de dar casa, comida e roupa lavada para a tal dor, ela desapareceu.

* Muitas vezes estamos sendo “coitadinhos” para chamarmos a atenção, não é???!!!

Ana Cláudia Saldanha Jácomo (1966) é carioca, formada em Jornalismo, funcionária pública, e absolutamente enamorada, desde criança, pelo exercício de escrever.

Anúncios

20 responses to this post.

  1. Confesso que eu já me fiz muito de coitadinha auhauaha muuuito mesmo auhauaha mas às vezes é preciso sim auhauahu

    Kisu!

    Curtir

    Responder

  2. Isso me lembra uma música:

    Um homem com uma dor
    É muito mais elegante
    Caminha assim de lado
    Como se chegando atrasado
    Andasse mais adiante…

    Carrega o peso da dor
    Como se portasse medalhas
    Uma coroa
    Um milhão de dólares
    Ou coisa que os valha…

    Ópios, édens, analgésicos
    Não me toquem nessa dor
    Ela é tudo que me sobra
    Sofrer vai ser!
    A minha última obra…

    Curtir

    Responder

  3. Texto maravilhoso! Adorei!
    Queria eu escrever bem desse jeito! hahaha
    Beijos

    Curtir

    Responder

  4. Eu sou o tipo de pessoa que não gosta de sentir dor, logo não sofro muito. Isso não quer dizer que estou livre das dores que as decepções me proporcionam, eu só as ignoro por algum tempo, e do nada elas desaparecem.
    Não gosto de sentir pena das pessoas, logo não quero que sintam de mim, procuro me mostrar sempre forte e determinada para o mundo, pois assim acabo me convencendo também! rsrssrsrs
    E sim, conheço muita gente que faz de um “arranhão um cancer” só para chamar a atenção!

    Curtir

    Responder

    • Karol, kkk! Pior que é isso mesmo. Tenho um amigo que colocamos nele o apelido de: ” Eu sofro “.
      A única coisa que ele faz bem feito é reclamar e sofrer. Com o calor que está aqui hoje, estar ao lado dele deve ser “delicioso”, kkk!
      Um beijo

      Curtir

      Responder

  5. Manô,

    Tua pergunta final merece um SIM bem redondinho. Mas, não sabemos da dor ou alegria de ninguém. Muitos parecem sofrer com perdas e agruras da vida e lá no fundo a gente sabe que é só mesmo balela. Já outros revelam grandes sorrisos quando na verdade de alguma forma sabemos que apenas mascaram grandes tristezas. Enfim, nem todo coitado é realmente coitado. Sei lá! De algum modo as coisas nessa vida se revelam… é só não nos deixarmos seduzir pelo aparente. Gr. Bj.!

    Curtir

    Responder

  6. Ótimo texto!

    Existem pessoas que gostam de estar ‘doentes’ apenas pela atenção que recebem não é ?! Acho um pouco egoísta isso mas pensando de outra forma: talvez essas pessoas se sintam muito sozinhas!

    Beijos,
    Ana.
    Nk Cherry

    Curtir

    Responder

  7. E não há nada pior do que ser o coitado, ficar tendo que ouvir as miserês tão fúteis quanto a dor que nem existe. Jácomo sempre maravilhosa nas linhas escritas.
    bjkas doces.

    Curtir

    Responder

  8. Posted by Arlene Lopes on 22 de outubro de 2013 at 22:38

    É bem isso, Manoel. Nos acostumamos com a dor e por muitas vezes ficamos ali agarrados, sangrando as unhas, nem que seja só pra lembrar que é dor e tem que doer. Por hábito.
    Beijoo querido!

    Curtir

    Responder

  9. Tem dor que vira companhia… que verdade!!! Lendo esse texto me lembrei de algo que aconteceu hoje comigo. Sabe quando não estamos mais dormindo, mas também não estamos acordados? Acho que foi isso. Só sei que pensei “que estranho! pela primeira vez acordei sem aquela dor da saudade no peito”.
    Quando a dor é de perda ou saudade, só a presença pode preencher o espaço vazio que fica. Triste é quando isso não mais possível…

    Curtir

    Responder

  10. Meu amigo querido ,
    que feliz escolha o texto da Ana Jácomo !!! Ela é um ser iluminado e eu adoro ler o que ela escreve . Sempre sinto energia positiva !

    Um beijão ,
    Ana

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: