VIA LÁCTEA

Imagemby Olavo Bilac

Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!” E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto…

E conversamos toda a noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora! “Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?”

E eu vos direi: “Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas.

* Postei esse poema para homenagear uma minha professora. Valeu???!!!

Fonte:  Antologia Poética – Porto Alegre, RS: L&PM, 2012. p. 28)

Anúncios

20 responses to this post.

  1. Nietzsche disse que “é necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela”, acho que Olavo sabia bem disso, já que gerar tem, nesse contexto, um significado bem amplo. Adorei ler novamente essa preciosidade Manô! Gr. Bj.!.

    Curtir

    Responder

  2. Manoel, parabéns pelo poema. Me identifiquei muito. Temos no céu, nas estrelas, na lua, nos astros, matéria prima de sobra pra poesia, né? Lindíssimo, de muita sensibilidade.

    Curtir

    Responder

  3. Este poema é um dos meus favoritos… li até a alma decorar! E, sendo professora, sinto-me homenageada também, se me permite.
    Abraço!

    Curtir

    Responder

  4. Deliciosa viagem interstelar…
    Uma maravilha!

    Abraço!

    Curtir

    Responder

  5. Posted by Marcilane on 17 de novembro de 2013 at 23:25

    SIMPLESMENTE LINDO! Amo, amo de coração!!

    Valeu até demais!! Rsrss

    Beijos*

    Curtir

    Responder

  6. Ô,meu amigo Manoel… Simplesmente estes belíssimos versos fazem parte dos meus poemas prediletos! E a minha imaginação voa longe, ao imaginar o poeta solitário, vendo as estrelas cintilando pela janela e na sua mente brotando estes maravilhosos versos… Me parece sempre que um anjo sussurrou cada palavra ao ouvido do querido Bilac…(Rs…) Um poema de pura beleza e encantamento…Celestial!!! Deslumbrante!!! E se eu fosse tua professora homenageada, ficaria muito, muito emocionada! Valeu demais e muito obrigada por compartilhar esta preciosa poesia!!!
    Tudo de muito bom pra ti!!! Abraço carinhoso dos amigos cariocas daqui!!!
    Teresa

    Curtir

    Responder

  7. Nossa !” E eu vos direi: “Amai para entendê-las!
    Pois só quem ama pode ter ouvido
    Capaz de ouvir e de entender estrelas. ” Só esse final vale tudo !
    Parabéns , Mano !

    Um beijão ,
    Ana

    Curtir

    Responder

  8. Professora, esse cara te ama.

    Curtir

    Responder

  9. “…Ora (direis) ouvir estrelas! Certo Perdeste o senso!” É simplesmente maravilhoso.

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: