POR QUE TEM GENTE QUE FALA DEMAIS ?

Imagemby Ricardo Sá

Por favor, analise-se com urgência, pois, na verdade, aquilo que nos faz falar, falar e falar é, de fato, o que deveria nos fazer silenciar, silenciar e silenciar.

Não é mesmo?

Usando de sinceridade: vamos compreender e aceitar que também essas são as circunstâncias que mais revelam e atingem o que em nós precisa de conversão.

Concorda comigo?

Daí, nós, sem juízo, usamos da fala como escudo, como fuga e agressão, como quem busca, desesperadamente, impedir que se aproximem de nós, descubram e toquem em nossa fragilidade.

Por favor, analise-se!

* Na maior parte das vezes o silêncio fala coisas lindas e inacreditáveis, não é???!!!

Anúncios

39 responses to this post.

  1. Posted by Ricardo on 11 de novembro de 2014 at 22:47

    Oi Manoel

    tenho uma duvida sou muito falador e alegre e zoador mais quando fico calado fico triste desanimado pra baixo mas de repente quando falo fico alegre de novo me explica porque sou assim e se é normal isto no meu tipo de temperamento….

    Curtir

    Responder

  2. Fico aqui numa luta diária para não falar tanto. A (pouca) maturidade que a idade me trouxe já me ajuda a controlar bem mais, mas ainda escorrego quando empolgada, ou irritada, sempre nesses dois termos. Quando estou serena ouço mais, mas confesso que as vezes me sinto um pouco… traidora? egoísta? quando guardo meus pensamentos só pra mim…rs 😉 Até escrevendo, “falo” demais, percebe?…hahahaha. Mas fiz um blog que é um exercício para isso. O meu outro blog, Entre texto meias palavras (tem link no meu oficial) são só fragmentos de pensamentos. Sigo na luta. 😉

    Curtir

    Responder

  3. Manô, eu sou uma tagarela! Daquele tipo que meus pais me ofereciam moedinhas pra ficar quieta: se você ficar quietinha cinco minutos te dou um real, meu pai dizia!
    Minha resposta: ah, nao consigo!
    Sempre me considerei uma pessoa muito sincera, mas a vida também já me ensinou a falar a me calar na hora certa!
    Adorei a parte que você dizq ue o silêncio diz muito mais e concordo plenamente, pois o corpo, os nossos gestos mostram muitos mais sobre nós do que conseguimos expressar por palavras!
    Tava meio sumida da net, mas agora voltei! Senti saudades!
    um beijo enorme!

    Curtir

    Responder

  4. Olha, eu costumo falar mesmo auhauahua, mas hoje aprendi que certas coisas eu prefiro melhor não dizer.

    KIsu!

    Curtir

    Responder

  5. Sendo 100% sincera: Preciso trabalhar muuuuito no meu silêncio ainda! Falo 15x mais que o normal e se estou ansiosa, então, ferrou tudo! hahaha
    Mais uma meta pra minha lista (que já tá ultra giga GG graças a esses posts INCRIVEIS que você faz): Falar (MUITO) menos

    Beijos

    Curtir

    Responder

  6. Olá, Manoel!
    Sempre achei que, na verdade, falar demais é mais fraqueza do que força. Quem sabe o que quer não precisa se autoafirmar, condenar os outros com palavras, se justificar ou qualquer coisa do tipo. 🙂
    Sem contar que ouvir é tão melhor!

    Beijos!

    Curtir

    Responder

  7. Manô,

    Acho que para os dois há sempre um lugar certo, só precisamos descobrir. Mais uma vez o equilíbrio tem seu papel fundamental. Penso que é preciso aprender o momento certo tanto para um quanto para o outro, pois tanto um como o outro em exagero, massacra. Gr. Bj.!

    Curtir

    Responder

  8. Bem, como eu sou aquela que ouve e, confessa com prazer que tem preguiça de falar, já não acontecendo o mesmo com a escrita, estou sempre a perguntar “que tanto as pessoas tem a dizer?” rs

    bacio

    Curtir

    Responder

  9. Olá Manoel, boa tarde!
    Como diria nosso músico e poeta Lulu Santos: “Tem certas coisas que eu não sei dizer”. E essas coisas que não sabemos dizer, devemos deixar que o silêncio fale por nós. Grande abraço!

    Curtir

    Responder

  10. Posted by Lola Maria on 17 de fevereiro de 2014 at 7:18

    Mano, agora calei a minha boca. Eu falo demais da conta, principalmente quando o assunto me interessa. Mas sabe que depois que vim pra Alemanha, o silencio se tornou meu companheiro e agora eu consigo ouvir melhor meu coracao e interior da alma.
    Acho que dai vem a forca que tem me mantido firme sem desistir de enfrentar todas estas provacoes.
    Beijo Mano.

    Curtir

    Responder

  11. Respondendo à pergunta: porque tem uma língua de dois metros que não cabe dentro da boca! 😀
    Falando sério agora. Deus nos deu dois ouvido e apenas uma boca. Por que será, hein?

    Curtir

    Responder

  12. Muito interessante!!

    Curtir

    Responder

  13. Eu sou do tipo preguiçosa pra falar rs. Tento ser curta e direta. Quando alguém fala sem parar comigo eu fico nervosa. Primeiro porque não consigo me concentrar e no meio da fala já estou pensando na morte da bezerra rs, depois porque cansa meus ouvidos. Mas confesso que escrevo “pelos cotovelos”. A Vanessa que escreve é totalmente oposta a que fala . Haha

    Curtir

    Responder

  14. Concordo sim Manoel. O silêncio fala coisas lindas que só nele encontramos.
    Acrescento que nos dias atuais precisamos de um outro tipo de silêncio: o da internet.
    A casa pode estar vazia, a música desligada e achamos estar em silêncio, mas a web é cheia de ruídos, barulhenta…
    Beijo!

    Curtir

    Responder

  15. Posted by Arlene Lopes on 16 de fevereiro de 2014 at 9:37

    Tem gente que fala demais, ou nunca cala, porque não consegue suportar o próprio silêncio, que é onde nos escutamos e nos vemos de fato.
    Uma fuga fácil de si mesmo.
    Beijos, querido Manoel.

    Curtir

    Responder

  16. “A palavra é de prata. O silêncio é de ouro.”
    Mas falar pode até ser bom! Permite conhecer-se… e conhecer o outro. O importante, como sempre, é a moderação e a reflexão que devem acompanhar o ato.
    Beijinhos Manoel! 🙂

    Curtir

    Responder

  17. Eu falo demais… e olha que hoje em dia já superei e muito a tagarelice… hahaha. Mas para mim a comunicação é tudo. Só temos que aprender a ouvir também. Quando percebi isso, muita coisa mudou na minha vida! Bom domingo!

    Curtir

    Responder

  18. Amigo, eu li o título desse post e pensei cá comigo mesma: também gostaria de saber. Hehe.
    A boca fala do que está cheio o coração, não é? Daí já percebemos,…

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

PANELA EUROPÉIA

O mundo numa panela só

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

Poesias e Cia - Ana de Lourdes Teixeira

Sem pretensões... O único desejo é compartilhar com as pessoas o que escrevo.

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

Realize Criatividade

por Patrícia de Azevedo

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Blog Caderno da Lua

#ApoioAutoresNacionais

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

Divergências Vitais

Memórias, dicas e "causos" de uma brasileira vivendo na Alemanha.

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista dos meus pontos

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: