É VERDADE QUE TUDO MUDA ?

Imagemby Ricardo Sá

Não, não é verdade, pois nem tudo pode ser mudado, e as razões são inúmeras: temperamento, visões diferentes ou equivocadas sobre a realidade, entre outros.

Mas isso nem é o mais importante. 

Compreenda que todas as vezes em que nos deparamos com o imutável, o melhor e mais sábio é se perguntar se não é a hora de a mudança acontecer em nós.

Resumindo: quando as coisas não mudam, nós é que temos de mudar! 

Esteja certo de que, a partir disso, tudo ficará mais simples e será mais fácil ser feliz!

* Concordam com isso???!!!

Anúncios

27 responses to this post.

  1. Manoel, achei muito bacana o post.
    As vezes brigamos com as situações e no fim das contas, como disse bem o texto, o que precisa ser mudado está mais próximo do que percebemos… somos nós.
    Grande abraço!

    Curtir

    Responder

  2. Eu acredito que tudo pode mudar. mas não sou eu quem fará isso.
    E claro que aquilo que eu não posso mudar, tenho que me adaptar.
    Exemplo: meu marido tem um temperamento forte e é nervoso. Sei que não posso mudá-lo, mas Deus pode.
    Ótimo post!
    Beijos

    Curtir

    Responder

    • Aline, excelente. Deus pode tudo. Ele pode continuar com temperamento forte mas pouco a pouco vai sendo moldado por Deus. Uma dica importante: Deus vai fazendo essa mudança por intermédio de você. Seja forte, firme e compreensiva.
      Muito fofo esse seu comentário.
      Beijos

      Curtir

      Responder

  3. Posted by adrianabalreira on 24 de fevereiro de 2014 at 15:47

    Por isso que tento sempre mudar e estar aberta a mudanças. As vezes nem sempre é confortável essa mudança. Mas fincar os pés e não mudar é pior!
    Adorei te encontrar novamente! Agora sim vou vim mais por aqui!
    Beijos
    Adriana

    Curtir

    Responder

  4. Penso, na minha nada humilde teimosia, que tudo muda o tempo todo e que nós, por mais que aparentemos certa inércia, somos obrigados a mutações diárias, por necessidade primária de existir. Logo, creio não ser apenas o movimento de mudar que mudará o entorno e sim, um movimento que por acaso [?] nos faça entrar em sintonia com o universo daquilo que almejamos.
    Curti a reflexão.
    Bj

    Curtir

    Responder

    • Cláudia, veja o milagre das palavras. Você colocou tão bem o seu comentário que eu achei que nunca tinha refletido sobre isso. Muito bom. Vou colocar essa proposta de sintonia no meu arquivo de necessidades pessoais denominado: A que eu vim ao mundo? (Claro que esse arquivo não é físico e nem do computador. Fica na minha caixinha cerebral de boas surpresas.)
      Curti sua proposta.
      Beijo!

      Curtir

      Responder

  5. Manoel, acho que o “mundo” não é um imutável “ser” e que devemos ser audazes e agir em prol da “mudança” para torná-lo ainda melhor, sendo certo que, essa mudança passa pela humildade de mudarmos os nossos próprios comportamentos 🙂
    um beijinho e obrigada pela partilha!

    Curtir

    Responder

  6. Verdade verdadeira. Eu ainda bem que consegui descobrir o que tenho que mudar e vou te falar: minha vida melhorou absurdamente 🙂

    Kisu!

    Curtir

    Responder

  7. Super concordo! As coisas mudam a partir do momento de temos a mente aberta e saímos de nossa zona de conforto. Crescer, amadurecer e porque não dizer também aparecer (no sentido de dar a cara a tapa) fazem parte dessa mudança.
    Beijos.

    Curtir

    Responder

  8. Concordo muito. Enquanto esperei e me esforcei para mudar certas coisas, só sofri. A parti do momento em que me dispus a mudar eu mesma, as coisas aconteceram e foi mais fácil ser feliz!
    Abraço!

    Curtir

    Responder

  9. Posted by Lola Maria on 23 de fevereiro de 2014 at 12:08

    Mano,
    Mudar é a única esperança que nos faz seguir em frente com a cabeça bem erguida.
    E escuta você já está automaticamente incluído em nosso Amigo Oculto viu.
    Beijos

    Curtir

    Responder

  10. Amigo Manô, mudar é bom e é preciso, né? Mudar é crescer, evoluir e se adaptar.

    Beijos, querido, e boa semana para vc.

    Curtir

    Responder

  11. Manô,
    É necessária uma grande humildade para aceitar que nem tudo pode (ou deve) adaptar-se a nós. Há ainda tantas tentativas de forçar o Mundo a mudar para nos agradar… Porque é mais fácil obrigar o que nos desagrada à mudança que olhar-se com sinceridade e decidir que é tempo de evoluir, mudar, crescer…
    Ah, o orgulho que nos faz pensar que só nós temos razão…
    É sempre bom iniciar um novo dia por uma reflexão profunda e um olhar sobre nós.
    Beijinhos!

    Curtir

    Responder

    • Dulce, adorei o seu comentário e vou filosofar em cima dele (rs!).Quanto às pessoas do mundo eu concordo que tenhamos que ter bastante humildade e jogo de cintura para nos adaptar-mos e aprendermos com elas. Já com as organizações mundiais que dizem que eu tenho que evoluir, mudar, crescer, eu caio no seu conselho de ter uma reflexão profunda sobre nós porque afinal de contas, Deus fez o mundo e deixou para que cuidássemos dele e não para que o mundo nos submetesse à uma escravidão dos poderosos. Entendo que você não falou isso, mas é uma “provocação” para você perceber que pode ser entendido que o homem foi feito para o mundo e na realidade o mundo é que foi feito para o homem, certo? Se falei muitas bobagens, pode organizar meus pensamentos e puxar minhas orelhas, kkk!
      Um beijinho,
      Manô (rs!)

      Curtir

      Responder

      • Manô,
        Puxar as orelhas? Não, eu não faria isso! rsrsrs
        Compreendo o seu ponto de vista e é outra situação a que se refere. Realmente, refleti sobre o Ser Humano perante Natureza: destrói-a e força-a a tomar o rumo que ele decide. Pensei ainda nas relações humanas em que duas pessoas que não se entendem preferem “criticar” a atitude do outro porque lhes custa questionar as suas próprias.
        O Mundo foi feito para nós, mas também acredito que tenhamos sido feitos para ele… O problema é que já o destruímos (e continuamos) a tal ponto, que ele sofre da nossa presença. É necessário mudarmos (ah, pois, aí vem a mudança própria. rsrsrs) de atitude para cuidar do Mundo e dos nossos semelhantes para tentar, se possível ainda for, regressar ao equilíbrio que nos une.
        Se bobagens houver, vou rapidinho esconder as minhas orelhas. kkk
        Outro beijinho!
        Dulce

        Curtir

        Responder

        • Dulce, como sempre muito inteligente. Pode ficar com as orelhas em paz porque do meu modo de enxergar e sentir nas entrelinhas o seu comentário está perfeito. O mais interessante é que eu esperava por isso mesmo.
          Mais outro beijinho,
          Manô (Sabe que quem inventou essa história de Manô foi a Cris. Acho que foi em 2009 e acabou ficando e eu tomei um certo carinho pela atenção dela, kkk!)

          Curtir

          Responder

  12. Republicou isso em INTERBLOG.

    Curtir

    Responder

  13. Posted by Marcilane on 23 de fevereiro de 2014 at 0:29

    Com certeza! Mudar é sempre bom e diria até que é necessário. Com as experiências, tropeços e escolhas vamos amadurecendo, e com isso, algumas coisas mudam dentro de nós, em nossa mente, em nossas ações.
    Então que venham as boas mudanças!
    ^^

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

PANELA EUROPÉIA

O mundo numa panela só

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

Poesias e Cia - Ana de Lourdes Teixeira

Sem pretensões... O único desejo é compartilhar com as pessoas o que escrevo.

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

Realize Criatividade

por Patrícia de Azevedo

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Blog Caderno da Lua

#ApoioAutoresNacionais

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

Divergências Vitais

Memórias, dicas e "causos" de uma brasileira vivendo na Alemanha.

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista dos meus pontos

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: