ÁGUAS PASSADAS NÃO MOVEM CASAMENTOS

Imagemby Fabrício Carpinejar

Todo casamento é a soma de experiências únicas e intransferíveis.
 
O casal são sempre três pessoas: o que ele é, o que ela é, o que um é com o outro.
 
Ele pode ser algo fora dali, ela pode ser algo fora dali, e os dois podem se mostrar totalmente diferentes do que são quando combinados.
 
A intimidade não muda as pessoas, a intimidade é o resultado da química entre as duas pessoas.
 
A intimidade é o entrosamento secreto do casal, o que não é acessado por nenhum fofoqueiro ou paparazzi.
 
A intimidade é como um filho espiritual, uma personalidade distinta formada a partir da união de dois temperamentos.
 
Assim o legado de um relacionamento não tem como ser usado – eis a complicação amorosa, o xeque-mate do destino.
 
Ninguém aprende com os erros de um casamento. O casamento é uma caixa-preta, que só serve para resolver um único e solitário desastre.
 
Quando alguém diz que agora não vai mais errar e sabe o que falhou na convivência passada está se enganando.
 
As relações não são estáticas e repetíveis.
 
Você pode não ter tido paciência com uma mulher e ter o dobro de atenção com quem agora vive e não surtir nenhum efeito. Você pode não mais ser ansioso e apressado em seu romance atual, pois foram os sintomas mais criticados em sua história anterior, e não surtir nenhum efeito. Você pode não trair e ser leal como um escoteiro, suas maiores falhas no histórico afetivo, e não surtir nenhum efeito.
 
Arcará com consequências inéditas de uma intimidade também inédita. Consertar uma esposa com a seguinte é criar um Frankenstein. Ela não tem nada a ver com o que aconteceu anteriormente.
 
Nem você é o mesmo, não se deixa levar pela miragem de que não saiu influenciado e alterado por tudo o que viveu. As transformações são silenciosas e sutis dentro dos hábitos, e não pensa igual e da mesma forma. A dor e o luto entraram em seu sangue e já determinam suas decisões futuras. Sua cabeça não é igual como no início de um conflito pregresso, muito menos seu coração.
 
Os erros de um casamento apenas podem ajudar na reconciliação, é uma errata de um livro já escrito. Jamais poderá corrigir um livro antigo com o próximo, com novos personagens e novos enredos.
 
* Tem sua lógica, não acham???!!!
 
Fonte:
Publicado no jornal Zero Hora
Revista Donna, p.6
Porto Alegre (RS), 02/03/2014 Edição N° 17720
Anúncios

30 responses to this post.

  1. Manô,
    Acredito que águas passadas só o poderão ficar quando são intrinsecamente e honestamente aceites…
    A experiência pode ajudar sobretudo a conhecer-se a si próprio e saber o que nos leva a agir de uma forma ou de outra. Podemos, graças aos erros cometidos no passado, aprender a melhor viver o futuro. Mas, para isso, é necessária a humildade e objetividade que nem sempre achamos disponível.
    É preciso, de quando em vez, aceitar uma derrota para seguir o seu caminho…
    Gosto muito da reflexão que nos inspira esta postagem! 🙂
    Beijinho!

    Curtir

    Responder

    • Dulce, nossa! Ótimo o seu comentário. E acredito muito nisso que você demonstra porque a experiência é importante para a gente mesmo. A outra pessoa será sempre outra, mas se ela tiver um “eu” melhor será mais fácil o entendimento de ambos. Parabéns, passou no teste da prova “Só nosso!”. kkk!
      Beijinho!
      Manô

      Curtir

      Responder

  2. Concordo demais. O problema não é um casamento ou um relacionamento. O problema é quando pessoas entram neles com bagagens emocionais que nunca foram tratadas. É como dizer que uma mulher que reclama constantemente muda depois que casa. Muda nada! Quando tiver oportunidades para reclamar fará o mesmo, da mesma maneira um homem com suas limitações.

    Eu e meu esposo antes de nos casamos tivemos mentores emocionais e espirituais e mesmo depois de casados, sempre quando tinha algo que não estava encaixando, a gente procurou sim um casal de respaldo( que tinha um casamento de credibilidade) e sentou com o dois já que eles poderiam nos falar abertamente o que estava acontecendo.

    Tem gente que procura aconselhamento quando a bomba está para estourar ou quando já estourou. Às vezes era só uma questão de um pequeno ajuste lá no comecinho, algo tão bobo, ás vezes só uma questão de se comunicar melhor.

    Eu disse muitas vezes e digo de novo.Só porque uma pessoa está em um relacionamento, não significa que ela sabe se relacionar.Só porque uma pessoa é casada, significa que ela sabe o que isso significa.

    Se as pessoas dedicassem ao relacionamento com o mesmo afinco que dedicam na sua profissão ou curso superior, não haveria tanto troca troca de parceiros.

    Grande abraço!

    Curtir

    Responder

  3. Carpinejar e suas reflexões!
    Eu concordo com o texto. Não podemos ter um relacionamento “baseado” nos erros e acertos do passado.
    Beijos

    Curtir

    Responder

  4. Que texto maravilhoso!
    Eu sou casada há menos de um ano, tô na fase das mil maravilhas, mas sei que as tempestades sempre vêm!
    Vou guardar esse texto com muito carinho e reler e reler várias vezes!
    Casamento é mais que uma decisão, é um ato diário de amor, porque na nossa natureza humana e individualista, o maior desafio de todos é didvidir TUDO da sua vida com aquela pessoa que você escolheu!
    Lindo texto!
    Um beijo bem grande, Manô!

    Curtir

    Responder

  5. Excelente esse texto Manô. Desculpa a ignorância, mas eu não conhecia o autor. 😦 Adorei!
    Acho que é muito importante começar um relacionamento de peito aberto e sem resquícios de qualquer angústia ocasionada por um relacionamento anterior. Mas falar é fácil né? Adorei de cara logo a primeira frase, as experiências de cada relacionamento são intransferíveis! Ótimo compartilhamento!
    super beijo,
    Ana

    Curtir

    Responder

  6. Posted by Bah on 5 de março de 2014 at 22:52

    TOTALMENTE certo…

    Kisu!

    Curtir

    Responder

  7. Posted by princessandfashion on 5 de março de 2014 at 19:31

    Perfeito ler sobre isso, pois compartilho do mesmo pensamento.
    abraço

    http://princessandfashion.wordpress.com

    Curtir

    Responder

  8. Manô,

    Nada numa vida a dois pode ser tomado como óbvio, em verdade tendemos a esperar reflexo daquilo que não é espelho, daí as frustrações acabam tomando conta. colecionamos desacertos como se isso pudesse nos garantir um passo certo, quando na realidade o máximo que podemos obter é uma repetição deles. Enfim, é muito complicado descomplicar. Xiii compliquei? Rsrs. Gr. Bj. !

    Curtir

    Responder

    • Cris, por mais que a gente queira não dá para teorizar e nem definir nada a esse respeito. Para definir nós temos que saber esperar o inesperado. Como não é possível fazer essa previsão, ficamos no complicar o descomplicado mesmo, rs…rs.
      Um beijo grandão,
      Manô

      Curtir

      Responder

  9. Eu sou muito desligada mesmo, pois é a primeira vez que leio um texto do Carpinejar. Simplesmente adorei! E pelo jeito ele é um queridinho dos leitores, né?! Ainda bem que eu o descobri através de você. 😉
    Beijos.

    Curtir

    Responder

    • Vânia, não é que você seja desligada. É que o Carpinejar, como escritor, é muito mais conhecido no Rio Grande do Sul. Nos outros estados ele é conhecido por programas que ele tem na tv e que são direcionados mais para os pré-adolescentes. São programas do tipo dos que existem na MTV.
      Eu descobri esses escritos através de recomendação de uma amiga e passei a seguir o blog dele (Carpinejar).
      Um beijo carinhoso na amiga correspondente,
      Manô

      Curtir

      Responder

  10. Nao sou casada mas concordo com o texto. Acredito que as pessoas tentam crregar muito do relacionamento anterior para o próximo. Nao só num casamento mas até num namoro. Eu acho um erro pois cada relacionamento é um novo comeco e cada pessoa é uma pessoa nova… devia ser como escrever num caderno em branco, sem marcas passadas…

    Curtir

    Responder

  11. Amigo, me perdoe a ausência aqui. É a vida, ao que parece, tomando outros rumos. Mas sempre penso em ti e passarei aqui sempre que puder.
    Quanto ao texto, não poderia concordar mais. Me lembrou da música do Jorge Vercilo que diz “não se ofenda com meus amores de antes, todos tornaram-se pontes pra que eu chegasse a você”. Assim é, certo?
    Beijinhos

    Curtir

    Responder

    • Paulinha, minha amiga fofa! Você conseguiu desmontar essa tese do Fabrício com a maior classe. Como eu tenho e sempre terei uma preferência por tudo o que você faz e é seu, concordo plenamente com você e viva o Jorge Vercilo.
      Assim seja, certo?
      Um beijo no coração,
      Manô

      Curtir

      Responder

  12. Quando digo que sou fã do Carpinejar, algumas pessoas me olham torto. Mas fala sério, ele escreve coisas tão obvias e que no dia a dia não enxergamos e ao ler, abre-se uma cortina e vemos o mundo diferente. Conviver com o outro realmente não é fácil. E nenhum relacionamento vem com manual de instrução. Adorei Manoel!
    Bjs

    Curtir

    Responder

    • Roseli, eu sofro do mesmo mal que você, kkk! Só que eu descobri porque muita gente não gosta dele. Porque as aparições dele na tv, para o pessoal da nossa faixa etária, foram um tanto quanto recheadas de um papel ridículo. Dava a impressão de ser um sujeito completamente desequilibrado. Aquele Fabricio da tv, não tem nada a ver com o escritor Fabrício. Para tirar as dúvidas é só ler seus escritos. Os programas de tv eram mais para pré adolescentes e de fato, na minha opinião, eram muito ruins. É isso (eu acho!!!).
      Um beijo

      Curtir

      Responder

  13. Raro mesmo é ler um texto do Carpinejar que não seja musicalmente sensato.
    Sou fã da escrita e da forma pensamento.
    Adoro e super concordo.
    Beijo.

    Curtir

    Responder

    • Cláudia, ele é muito inteligente e consegue conduzir sua linha de pensamento com uma ironia bem particular. Eu só não gosto quando ela força ou exagera no tema. Ele é tão sensível que a gente percebe quando ele escreve por escrever.
      Um beijo

      Curtir

      Responder

  14. Saudades mil de passar por aqui!!!
    Adorei o texto, o autor é ótimo mesmo!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br/

    Curtir

    Responder

    • Nana, minha querida web-irmã. Nossa como fiquei feliz por vê-la aqui. Estava com muitas saudades mesmo. Aproveitei a passei lá no seu cantinho para dar os parabéns pelo níver. Espero encontrá-la mais vezes para que eu possa voltar a aconselhá-la e incentivá-la com o “GAROTO” (até hoje não sei o nome dele). Olha que somos amigos do tempo em que você achava que ia namorar o garoto. Parece que ele estava interessado, mas não queria nada sério, lembra!? kkk! Tempinho de comentar lá na Mirys.
      Enfim, estamos de volta e o garoto sempre nos acompanhando (rs…rs).
      Deus abençoe vocês.
      Um beijo no seu coração,
      Manoel

      Curtir

      Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antes de Adormecer

Sobre amor e outras coisas

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

ESTRANHAMENTE

#poesia #crônica #fotografia

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

El Diver

a vida em todas as suas divergências

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista do meu ponto e outros pontos de vista

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: