SEXTINA 2

by Fernando Py

A vida me anoitece
de sofrê-la no açoite
e vivê-la vazio
da beleza que a tece
— mudo me faço e noite
cego surdo e sombrio.

 
O futuro é sombrio
quando a alma anoitece
e me engolfo na noite
e me entrego ao açoite
— voltas que a vida tece
nesse abismo vazio.


De coração vazio
escondo-me em sombrio
casulo que me tece
a vida que anoitece
a alma ao pleno açoite
que me oferece a noite.


Faço-me a própria noite
e em minh’alma o vazio
silêncio lembra o açoite
latejante sombrio
da idade que anoitece
— fiação que me tece.


Pois tudo que me tece
lembra a pedra da noite
no peito que anoitece
— a alma sente o vazio
desse peso sombrio
à maneira de açoite.


Claro nítido açoite
é o que a vida me tece
extraindo o sombrio
refugo dessa noite
— deixa na alma o vazio
do corpo que anoitece.


Este açoite anoitece
e me tece vazio
no sombrio da noite.

* Achei interessante o jogo de palavras e idéias.

Fernando Py nasceu na cidade do Rio de Janeiro, a 13 de junho de 1935. Formado em Direito, é colunista literário (Diário de Petrópolis) e tradutor. Publicou, entre outros: Aurora de vidro, Livraria São José, Rio de Janeiro, 1962; Vozes do corpo, Editora Fontana, Rio de Janeiro, 1981; Chão da crítica, Francisco Alves, Rio de Janeiro, 1984; e Antiuniverso, Sette Letras, Rio de Janeiro, 1994.
Anúncios

20 responses to this post.

  1. Bah, concordo com seu comentário.Kisu!

    Curtir

    Responder

  2. Amantikir, que bom que você coloriu e alegrou meu final de semana.BjsInté!

    Curtir

    Responder

  3. Ivani, você é genial! Estou aqui imaginando a insônia do poeta, kkk! Também quando pegava no sono devia ser algo bem "pesado", né?Beijos no seu coração

    Curtir

    Responder

  4. Rebeca, é triste sim, mas prometo que vou alegrar mais esse ambiente para nós. Tá "bunitinha" sua foto de perfil enterrada na neve. Lá no Ceará o pessoal deve estar "chorando" de preocupação, rs…rs.Beijãoxoxo

    Curtir

    Responder

  5. lis, menina muito querida. Seu diagnóstico está perfeito. A preferência é essa mesmo. Só queria reforçar com São Pedro a preferência da "chuvinha". Ele tem exagerado um pouco e assim não há toldo que aguente, kkk!Um abração enluarado na menina

    Curtir

    Responder

  6. Dulce, sua opinião é muito importante. Quem sabe, sabe! Obrigado você por participar da partilha.Beijo

    Curtir

    Responder

  7. Adriana, isso mesmo. Me chamou a atenção o jogo de palavras.Beijos

    Curtir

    Responder

  8. Tina, eu também achei muito triste :(Postei porque um dia desses, num comentário que fiz, me responderam que eu tinha que aprender a conviver com tristezas, mas… sinto que não estou preparado. Prefiro enfrentar, com alegria, as tristezas.:)Abração

    Curtir

    Responder

  9. Ana, que bom que você gostou. Sua opinião é muito importante.Um abração

    Curtir

    Responder

  10. Achei um pouco sombrio, mas tem sua beleza.Kisu!

    Curtir

    Responder

  11. Alê, que coisa boa. Acho que estou meio atrasado, mas vou correr lá.Abraço no coração

    Curtir

    Responder

  12. E eu achei triste e sombrio…e 'as vêzes é assim mesmo que me sinto.Um colorido e alegre fim de semana pra voce! Bjs Inté!

    Curtir

    Responder

  13. Muitas noites, muitos açoites, esse poeta deve ter um relacionamento horrivel com o sono!Sem brincadeira, achei bem triste, pesado!Mas, nem tudo nessa vida é festa e alegria, portanto, uns açoitezinhos vez ou outra devem fazer bem kkkkkkkNossa, que mania de falar bobagem que eu tenho!beijos Manoel, tenha uma boa noite, sem açoites…

    Curtir

    Responder

  14. Também achei triste, mas acho q a vida é assim, né? Passamos por muitas fases.Beijão, amigo!Rebecaxoxo

    Curtir

    Responder

  15. Com as palavras os poetas podem tudo e como sabem!Gosto do jogo_instiga a leitura com atenção,como nesse caso que claramente podemos confundir 'noite com açoite' e entre os dois queremos a noite não é Manoel_ de preferência com luar ou chuvinha no toldo … rsrsfica o abraço

    Curtir

    Responder

  16. É uma maravilha Manoel!Muito obrigada por partilhar. => Crazy 40 Blog => MeNiNoSeMJuIz®

    Curtir

    Responder

  17. Triste mas o jogo de palavras é mesmo genial.BeijosAdriana

    Curtir

    Responder

  18. Achei triste 😦

    Curtir

    Responder

  19. Um lindo poema de Fernando Py!

    Curtir

    Responder

  20. Sim!! Interessante! Porem fúnebre a noite com tantos açoites! Manoel tem presente pra vc no meu cantinho vai lá!Abraço!

    Curtir

    Responder

MUITO BOM COMPARTILHAR COM VOCÊ !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

PANELA EUROPÉIA

O mundo numa panela só

Um Palco de Teatro

Poesias, Textos, Frases e Reflxões sobre o amor e a vida.

Sopa de Letras

Literatura, Cinema, Música, Educação e outros temas.

versaopaulo

cultura e história da cidade

Vida Legal

Porque a vida é muito mais interessante que a ficção.

imperfeitoparaiso

Aleatoriedades

Blog do Óbvio

Assuntos Diversos e Diversos Assuntos

Poesias e Cia - Ana de Lourdes Teixeira

Sem pretensões... O único desejo é compartilhar com as pessoas o que escrevo.

A DOSE DO DIA

O dia mais bem humorado da semana ;)

Realize Criatividade

por Patrícia de Azevedo

frascodememorias.wordpress.com/

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Blog Caderno da Lua

#ApoioAutoresNacionais

Meio pão e um livro

Eu, se tivesse fome e estivesse à míngua na rua, não pediria um pão; pediria meio pão e um livro. (García Lorca)

O Outro Lado

Porque o melhor lado é o dentro

Abstract Art by Sharon Cummings

An artist with an irresistible urge to create!

Compasso Lento

Leia com passo lento...

Devir

O que vejo, sinto e imagino em letras.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

essa tal de Alemanha

Crônicas do dia a dia

Letíciando

por Letícia Siller

Clau Assi, poesias.

Sonhos, realidades e poesias.

EscreViver

"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco" [Júlio Dantas]

It's a very deep sea

Um site sobre palavras

Divergências Vitais

Memórias, dicas e "causos" de uma brasileira vivendo na Alemanha.

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

Vida de Mil Fases

São fases da vida,elucubrações variadas. É um túnel do tempo, é uma realidade inventada.

Pensamentos In_Versos

No vício da escrita, encontram-se os ditos, os amantes, os gritos internos e todos os avessos...

Trotamundos

by Tati Sato

Simplesmente Lola

Eu e minhas aventuras

Bloco de notas

Escrever é como uma terapia, um socorro, uma esperança. Estando feliz, apaixonada, triste, decepcionada escrevo, pois sei que lendo-me consigo me entender. Escrever é como fugir para um mundo secreto, meu universo particular onde não é proibido sonhar.

Minha Vida Comigo

Um câncer foi o gatilho que me fez querer viver a vida como protagonista. Vânia Castanheira - Medical, Health & Wellness Coach - ACC/ICF

Catarina voltou a escrever,

com vírgulas, pontos e dúzias de reticências...

Mariel Fernandes

A vista dos meus pontos

This German Life

um blog sobre nós dois (três) e a Alemanha

Diário de uma Teimosa

dicas de Estocolmo e da vida na Suécia

Eis a questão ...

Um blog realmente pessoal, que guarda um pouquinho de tudo aquilo que a autora gosta, faz, inventa, cozinha, desenha. Por isso, não precisa fazer sentido, não tem pretensões de seguir uma linha ou chegar a algum lugar específico: apenas existe para registrar, guardar e compartilhar um pouco dessas coisas de Olivia.

Sacudindo as ideias

Exercícios literários, escrita solta, pensamentos...

%d blogueiros gostam disto: